quinta-feira, 9 de abril de 2009

Campanha FUNK É CULTURA na UERJ


FUNK É CULTURA!

contra o preconceito e a criminalização

DEBATE com:
Adriana Facina (Observatório da Industria Cultural / UFF)
MC Leonardo (cantor, compositor e presidente da APAFunk)
dia 14/04 (terça) – 18h no hall do DCE - 1º andar

RODA DE FUNK
com MC's da antiga e nova geração do Funk consciente
dia 15/04 (quarta) - concentração a partir das 17h - churrasqueira do Haroldinho

organização:
APAFunk
DCE UERJ - Pasta de Movimentos Sociais
Movimento "Direito Para Quem?"

____________________________________________________________________________

A Associação de Profissionais e Amigos do Funk - APAFunk convida para a

CAMPANHA FUNK É CULTURA - contra o preconceito e a criminalização!

Trata-se de uma luta contra a criminalização do Funk, que vem ocorrendo junto com a criminalização dos pobres. Para quem não sabe, os bailes funk estão sendo proibidos pelas autoridades e discriminados pela mídia. Argumentam que o funk faz apologia ao crime e que só fala de putaria. Mentira! Muitos funks são feitos falando da realidade da favela e das periferias. Não se pode generalizar, pois, se formos parar para pensar, apologia e putaria podem ser feitos sob qualquer ritmo.

Muitos MC's e DJ's não têm conseguido trabalhar. Além disso, o funk hoje representa a forma mais popular de diversão e lazer da maioria dos jovens cariocas. Proibir os bailes funk significa agredir direitos básicos do povo do Rio.

Por isso, os funkeiros vão mandar uma mensagem para a população: Funk é Cultura! A roda de funk é a reunião de funkeiros para dizerem o que pensam através de sua produção musical. Assim, nada melhor do que uma Roda para protestar contra o preconceito que sofrem!

Um Abraço, vejo todos e todas lá!
Tâmo junto e misturado!

Mais informações em:
email: apafunk@gmail.com
Comunidade no Orkut: APAFUNK
www.apafunk.blogspot.com

5 comentários:

Anônimo disse...

Ridículo! O funk é um lixo, isso sim!

Anônimo disse...

Vocês não tem nada melhor pra desperdiçar seu tempo?

Anônimo disse...

Cultura??? "Funk" é um lixo!!!

Anônimo disse...

Funk e um lixo que se diz cultura.

Marcio disse...

Crianças cantando letras de funk que relatam cenas de sexo explícito é cultura da promiscuidade e, portanto, da desestruturação da família. As crianças e adolescentes do nosso país precisam de adultos que sirvam de referência para que tenham princípios a seguir que os constituam enquanto cidadãos críticos e de fato importantes para a sociedade. O que vemos na cultura do funk é a formação de idiotas.